MÁRMORES

Na maioria das vezes são rochas metamórficas resultantes da transformação (recristalização) de rochas sedimentares, calcárias, quando submetidas a certas condições de pressão e de temperatura. No entanto, há outros, os chamados “mármores por afinidade”, tais como o Travertino, o Crema Marfil, o Bege Bahia e outros que, não tendo sofrido qualquer metamorfismo, continuam pertencendo ao grupo de rochas calcárias, portanto sedimentares.

Menos duros e muito menos resistentes que os granitos, são facilmente atacados por ácidos e, quando polidos, apresentam um brilho menos intenso e menos duradouro. No entanto, dada a sua beleza, resultante da sua textura e da suavidade dos seus veios, são muito utilizados na decoração de áreas internas, principalmente, banheiros e áreas sociais (nunca em cozinhas!...)

Trabalhamos com todos os tipos, nacionais e importados.

Transformando o bruto

em sofisticado